Clínica de recuperação
Sem comentários

A anfetamina é uma substância que proporciona uma falsa sensação de bem-estar e disposição quando na realidade é viciante e tem vários efeitos colaterais negativos sobre o corpo e o cérebro.

Muitas substâncias causam mudanças no corpo, promovendo atenção e vigilância. Eles também proporcionam uma atmosfera e eliminam a fadiga. O problema é que elas também causam danos, como é o caso das anfetaminas.

Não devemos esquecer que nem todas essas substâncias são legais e que muitas delas pertencem à classe das drogas e são viciantes. Mas há aqueles que estão em risco e aqueles que não sabem a extensão dos efeitos negativos.

Preparamos esta posição para a introdução da anfetamina, mostrando como ela funciona no corpo, qual é o seu mal e os riscos que acarreta para quem dirige sob sua influência. Continue lendo para mais informações.

O QUE É ANFETAMINA?

Há apenas um tipo de anfetamina. Na verdade, existem várias substâncias sintéticas que formam um grupo de drogas viciantes. Podem ter origem farmacológica, que está na composição de medicamentos para emagrecer; também podem ser modificados, como o ecstasy.

Para uso controlado (uso farmacológico), a anfetamina não é um risco significativo. O problema está no uso excessivo desta substância, especialmente em versões modificadas.

Neste caso, é classificado como uma droga ilícita que pode inicialmente melhorar as habilidades físicas e mentais, mas também pode causar sintomas negativos que prejudicam significativamente a saúde e o desempenho cognitivo.

COMO FUNCIONA NO CORPO?

A anfetamina atua no sistema nervoso central, deixando a pessoa acordada, além de melhorar o desempenho respiratório e muscular. Portanto, é amplamente utilizado em eventos e por aqueles que querem melhorar seu desempenho durante o treinamento ou esporte.

As reações químicas que ela evoca no cérebro influenciam os neurotransmissores que promovem o bem-estar. Com o tempo, uma pessoa se sente mais capaz e confiante, acreditando que pode fazer qualquer coisa.

O problema está nos outros estímulos que provoca, que levam a desequilíbrios na mente e no corpo. Além disso, quando seu efeito desaparece, em cerca de 8-12 horas, surgem sentimentos de ansiedade e depressão, estimulando a necessidade de mais consumo.

QUE MAL FAZ A QUEM A CONSOME?

Um dos danos causados pela anfetamina é um aumento excessivo da temperatura corporal. Pode atingir níveis tão altos que pode causar a morte por efeitos negativos nas proteínas.

É também uma séria ameaça à sua saúde e às suas faculdades mentais, que… :

  • Insônia;
  • fadiga excessiva;
  • perda do apetite;
  • náusea;
  • lábios secos;
  • coceira;
  • Dores de cabeça;
  • visão embaçada;
  • taquicardia;
  • Danos cerebrais;
  • Pupilas dilatadas;
  • Espasmos mandibulares;
  • Espasmo muscular;
  • Depressão;
  • perda de controle dos membros;
  • alterações na pressão arterial;
  • Diarreia;
  • Inflamação do estômago;
  • Irritabilidade.

Em outras palavras, a anfetamina é inicialmente agradável, mas causa várias reações orgânicas e cerebrais. Enquanto funciona, causa diferentes sintomas, e quando seu efeito se desvanece, causa outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *