Dependência Química
Sem comentários

Se você não sabe o que é etilismo, é o mesmo que alcoolismo, que é quando o consumo de álcool é totalmente descontrolado, ou seja, ultrapassa um simples copo e de forma repetida.

O etilismo é muito perigoso para a saúde física e mental, e isso é muito evidente em pessoas que estão passando por um tratamento para dependência do alcoolismo.

Da mesma forma que uma dependência de drogas ou tabaco, é importante saber lidar com o problema o quanto antes.

Confira, a seguir, mais detalhes sobre a dependência alcóolica, as formas de etilismo e os efeitos a curto, médio e longo prazo.

O que é etilismo?

Quando se trata de buscar uma definição para o que é etilismo, é outra denominação para alcoolismo.

É a condição onde a pessoa bebe uma quantidade de bebidas alcóolicas superior ao que seu corpo pode ingerir sem causar danos.

Agora, quando se perde totalmente o controle, isso mostra que existe uma dependência ao álcool, sendo necessário intervir rapidamente.

Quais as formas de alcoolismo?

Em uma clínica de recuperação, por exemplo, o paciente pode chegar com duas formas de etilismo:

Crônico

Caracteriza-se pela dependência alcóolica, que é quando a pessoa não consegue passar um dia sem consumir álcool.

E, às vezes, o tratamento é muito difícil para o alcoolismo crônico, principalmente porque as pessoas têm uma tendência a perder a noção do que é importante, ou seja, para elas, o tratamento não é prioridade.

Agudo

Por outro lado, a forma aguda do etilismo significa um consumidor ocasional, mas que ingere altas doses, podendo inclusive levar ao coma.

Nesse caso, o tratamento é mais fácil e rápido.

Conheça os efeitos do etilismo a curto, médio e longo prazo

Agora que você já entendeu o que é etilismo, saiba que causa danos não apenas na saúde física, mas na saúde mental e afeta os relacionamentos sociais.

As consequências do alcoolismo na saúde física incluem:

  • Cirrose;
  • Vários tipos de câncer;
  • Doenças cardiovasculares, como infarto e AVC;
  • Envelhecimento precoce.

Já na saúde psíquica, a dependência alcoólica pode causar:

  • Depressão;
  • Problemas de sono;
  • Problemas de comportamento, além de redução dos reflexos;
  • Afeta a memória e concentração;
  • Agressividade.

Vale lembrar também que quem está passando por dependência etílica pode ter sua vida social afetada, como isolamento dos amigos e familiares, separação ou divórcio, perda de trabalho, etc.

Quais são os sintomas do etilismo

Como já foi dito sobre o que é etilismo, é importante que quem esteja por perto, fique atento a alguns sinais:

  • Tremores;
  • Suor excessivo;
  • Falta de concentração;
  • Estado depressivo;
  • Delírios;
  • Problemas de sono;
  • Bebe álcool todos os dias.

Esses são apenas alguns exemplos, e da mesma forma que você agiria quando algum amigo ou familiar precisa de um tratamento para dependência química, é importante oferecer ajuda.

Geralmente, quem tem dependência alcoólica, não admite que é um dependente, e por isso, pessoas próximas devem ajudar.

Seja conversando com a pessoa ou até buscando auxílio de um profissional que trate alcoolismo, e para que os danos não sejam ainda maiores, é necessário buscar ajuda o quanto antes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *